Um mimo por dia!

Que falta que nos faz um mimo por dia...
 É aquele bom dia gostoso de se falar, é a balinha que você ganha no restaurante, é o bom dia do cobrador do ônibus, é o ‘como vai?’ verdadeiro e sem pressa. É o abraço apertado e a carona amiga.
Não faz muito tempo, comecei a trabalhar em restaurantes. E de lá pra cá aprendi e percebi que é nos mimos que se esconde o segredo. Você e seu colega de trabalho podem produzir exatamente o mesmo resultado, mas o mimo... aaaaah, é o mimo que vai diferenciá-los. Quem sabe que agradar faz bem, que cativa, vai se esforçar pra deixar um pedacinho de mimo. Aquele pedacinho de papel no prato. A florzinha na entrada, e o cafezinho na saída. O bolo entregue com sorriso e felicidade.
Álias, ainda no mesmo tema, mas mudando um pouco de vertente. Por que as pessoas fazem tão mal o que elas fazem. São vendedoras estúpidas, são telemarketing grosseiros, são administradores que procuram fazer sempre o menor trabalho possível, e  não o melhor, e por aí vai. Somos destratados todos os dias em todos os lugares onde estamos gastando nosso dinheiro. Se todos pudessem observar isso, e nunca favorecer esse trabalho mal feito. Foi destratado, não compre, não veja, não consuma, não beba. Cadê o mimo nosso de cada dia? O detalhe? Estamos vivendo num mundo tão ocioso que os administradores tem preguiça de administrar, os gerentes de gerenciar, os vendedoeas de vender, e as nutricionistas de ‘nutricionar’. Esquecemos pra que estudamos e por que estamos lá, qual nossa função e pra onde podemos crescer se quisermos. Nos ACOSTUMAMOS muito. Nos esquecemos das metas, e dos sonhos. Estagnamos.
Precisamos renovar, reaprender, viver. 
Precisamos, muitos de nós, recomeçar.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Por que namoramos?

Sobre um ano difícil, um ano pesado.

Sobre as pessoas que nos cercam...