Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2009

Profissão

Imagem
Muitos acabam caindo de para-quedas, outros por desilusão ou insucesso da carreira de medicina, mas é aqui que estou. Já se passa das 22 hrs do dia 31 de Agosto, e poderiam haver temas dos mais diversos e muito mais desenvolvidos, mas quis dedicar um post para o que acabou, de uma forma ou de outra, mudando a minha vida. Foi de 2007 que dentre as dezenas de cursos técnicos oferecidos, escolhi quase que por um velho uni-duni-tê aquele curso. Era a Nutrição que começava a entrar na minha vida, que por algum motivo, ali, resolvi prestar! Nunca pensei em ser nutricionista, e estava longe de ser a realização de um sonho de criança, mas pensava que seria um curso que mesmo que não seguisse, ser-me-ia útil para a própria vida, para conhecimento para mim mesma. E foi então, que entre aulas e alfaces, e de trabalhos e cominhos, aprendi que alimentar o mundo é uma profissão maravilhosa, e que só quem é, sabe o que é (desculpe-me meus amigos psicólogos, fisioterapeutas, educadores…

VAMOS CELEBRAR A ESTUPIDEZ HUMANA

Imagem
Abaixo à exaltação da beleza e às mulheres frutas!Em qualquer esquina hoje em dia, desde os mais idosos, até as criancinhas, conseguimos todos escutar ritmos variados de música. O problema nem seria esse, apesar de eu saber q ao longo do texto irei contra um, em particular! Funkeiras de plantão, piriguetes, cachorras, popozudas ou qualquer outra palavra esdrúxula da qual se auto denominam tais mulheres que apreciam ouvir funk.O ritmo não é o problema, mas que belas letras possuem, não? Tem certos grupos culturais que a minha vontade é chegar e dar um chacoalhão! E apesar de parecer meio etnocentrista, descordo. Por que não é pela cultura que eu gostaria de fazê-lo, mas sim pela inutilização de um órgão do corpo humano. O cérebro! Eu sinceramente me pergunto o que certas pessoas pensam sobre a vida, a postura, o pudor, e a reputação. O que faz certas coisas influenciarem nas minhas ações e em outras, nada. Não é difícil encontrarmos por aí mulheres frutas, e não pelos benefícios nutric…

[Apenas Memórias]

Imagem
Estava escrevendo sobre a vida, em si... Mas me perdi em mim mesma, e resolvi escrever sobre um fato, em particular, e que gostaria de imortalizá-lo pelas minhas próprias palavras. Posso dizer que sempre achei estranho as pessoas chorarem em finais felizes, por que se é feliz, não tem por que chorar! E apesar de me sentir emocionada em finais felizes, nunca foi o suficiente para que me fizessem cair lágrimas. Mas um dia aconteceu. E se eu pudesse resumir felicidade em um dia, em uma ligação... Seria aquela. Acho que essa memória está ligada a tanta emoção que eu não poderia apagá-la facilmente, e por isso me parece sempre que aconteceu minutos atrás. Era um grande dia de sol, e ao acordar, e triste pelo fim da escola, como estava fazia muito tempo já, decidi aproveitar o dia, e acordei minha irmã para irmos andar de bicicleta no famoso parque do Ibirapuera. O caminho foi longo, mas na ida, paramos num cursinho pré-vestibular para fazer minha matrícula, visto o insucesso das minhas ten…