Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

Login

Imagem
Todos os dias acordo e preciso acessar meu e-mail, uma das formas mais eficientes de se comunicar atualmente, tanto para assuntos pessoais quanto para os profissionais. Ao entrar no gmail, percebo que recebi recados no Orkut, e logo preciso acessá-lo pra verificar e responder os recados. Quando percebo algum amigo online, preciso conectar meu Messenger para conversar com os amigos. Conversando com as meninas de minha república, alguém fala de alguma coisa dita no twitter e em seguida, lá estou eu no meu primeiro tweet do dia. E quando já estou quase saindo desse mundo, percebo um e-mail novo, de alguém que me adicionou no facebook! Quando já entrei em todas as redes sociais possíveis, visito meu blog e vejo se existem novos comentários, daí vejo os blogs relacionados e fico em torno de pelo menos mais 30 ou 40 minutos em outros blogs. Daí quando termino tudo isso, começo a atualizar cada um deles novamente pra ver se não há nada novo! E aí, quando percebo, já é hora de hibernar... dig…

Para os netos...

Imagem
(sugestão de música: http://www.youtube.com/watch?v=_V_DOMLVR7s) Eu achava que não teria muitas historias interessantes pra passar adiante, sobre minha história, minha vida e essas coisas. Mas nos últimos meses, fatos que ocorreram foram bastante interessantes, e serei dessas que um dia ainda estarei sentada no sofá, com os netos ao redor, a coberta nas pernas, e contarei sobre as doideras que fiz quando tinha meus 20 e poucos.
“Sim, ainda me lembro como se fosse ontem. Estava eu já no último ano de faculdade, quando comecei meus estágios. E um certo dia acordei tão sonolenta que sai de casa pra ir trabalhar 1:40 da manhã! Pois é, cheguei no ponto de ônibus às 2:00 horas e me dei conta do que tinha ocorrido. Mas o maior de todos os acontecimentos nem foram as saídas pro estágio na madrugada, e nem as idas de bike à praias desconhecidas do Guarujá. Se perder fez parte também. Bem como perder a chave da bike à Km de distância de casa.
O que ficará mais ainda na memória, é que numa certa no…