Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Sobre a braveza, TPM e chorar!

Imagem
Costumo ser tranquila, feliz, sorridente, atender bem as pessoas a minha volta... mas... Existem alguns momentos que um lado obscuro e mais forte do que eu ataca!
Sabe, quando te falam uma coisa que imediatamente já te faz querer chorar de raiva? É mais forte, vem de dentro, de uma vontade irritada de gritar e você fica brava mesmo sem perceber. Aprende que é sim ofensiva quando quer, e perde todo seu charme angelical em segundos.
Rasga o verbo e transparece tudo o que sente sem dificuldades. Toma atitudes sem querer, e exagera um pouco a mais do que esperava. Ao mesmo tempo, sabe que está falando por que sabe que pode ser sincera com o ouvinte. Quer que não aconteça mais, e acredita que precisa falar.
Mas aí depois vem a vontade de só chorar... Parece que a raiva que cresceu dentro de você tá pedindo pra sair, ser levada e tem que ser com lágrimas... E aí você se sente assim, sozinho e não quer falar disso com ninguém.
:(
E é aí que ficam as reticências...

Sobre a Vontade, o Foco e o Mar!

Assista ao vídeo e som lindíssimos:
Phantom In Victoria from Eamon Urtone on Vimeo.
É engraçado ver como força de vontade é uma característica pessoal mesmo. Tem gente que tem, e tem gente que não tem. Mas o pior de tudo é que essa é uma característica desenvolvida ao longo da vida. A gente cria na nossa cabeça como quer a nossa vida, e vai atrás!
A gente cria nosso objetivo. E sabe pra onde tem q remar!
Mas, Tem pessoas que não. E eu sinceramente não as entendo. Pessoas que vivem das costas dos outros. Do trabalho dos outros. E não se preocupam em melhorar, crescer. Pessoas que infelizmente estão sujeitas a viver no abismo, no risco de cair a qualquer hora.
Eu não, eu prefiro o mar. Uma imensidão de possibilidades. Tem onda pequena que a gente passa fácil, tem onda grande, que quase afoga a gente, mas continuamos lá, remando rumo a ele. O mar renova nossa alma. A água salgada puxa a gente pra dentro do mar, e não deixa mais a gente voltar. É a nossa força de vontade!
Mas cansa, viu? Remar p…

Sobre uma nova fase (e agradecimentos por ela!)

Leia ao som dos belíssimos aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=8F7tjZefhJY

Desde muito jovem tento ser o mais independente possível. Vendi cookies no colegial, vendi trufas na faculdade, tinha bolsa de um valor que auxiliava muito, e quando sai, logo quis encontrar meu primeiro emprego. Foi uma fase difícil, mas muito necessária. Todos que me conhecem pessoalmente sabem o quanto sofri no meu primeiro emprego. Mas sabem também o quanto agradeço. Cresci de uma maneira incrível (e não é papinho). De recém formada, e garota de 20 anos que não sabe de nada e quer mandar, tive que aprender a falar a linguagem dos profissionais da cozinha. Vivi uma política totalmente diferente do que é ser uma empresa, e quais valores devemos levar conosco. Tive pessoas do meu lado que fizeram eu enxergar o que eu queria ser, e principalmente o que eu não queria ser. 


 Lá atrás tinha planos, mas a vida joga a gente de um lado, de outro e muda tudo. Agora estou em outra empresa, realizada! Tive uns meses de d…