Sobre viver e trabalhar e não viver para trabalhar...

Que triste é crescer e descobrir que a vida é tão dura.
Que acordamos cedo e voltamos pra casa depois de escurecer. Que não vemos a luz do dia. E que mesmo que cansados, somos obrigados a fazer o trabalho contratado para um local X. E que mesmo que tenhamos idéias incríveis e consigamos toneladas de dinheiro para nossa empresa, continuaremos recebendo a mesma faixa salarial, e continuaremos acordando cedo e voltando tarde.

Sabe o que eu descobri?
Que está tudo errado!! A gente tem que trabalhar sim. Precisamos conquistar nossa moeda de troca com o mundo. Mas dessa forma, nesse formato atual, não estamos trabalhando para viver. Estamos vivendo apenas para trabalhar!!

Quantas são as pessoas que trabalham apenas para pagar as dívidas básicas. Conseguem no máximo repor uma ou outra roupa que já estava velha demais.

Não podemos aceitar isso. Eu quero sair do trabalho e ainda ter algumas boas horas pra curtir o sol, e conseguir respirar devagar, e ver ele se pôr, e ter mais tempo em casa do que no trabalho.
Eu quero sair do ciclo acordar, trabalhar, voltar, jantar, tomar um banho, dormir.
Eu quero viver. Quero fazer aquele curso bacana, quero cozinhar de verdade tudo o que tenho vontade, quero ter tempo de tirar fotos do pôr do sol, quero ver meu namorado em plena terça feira pra tomar um sorvete, quero ir ver minha família e ainda voltar pra casa antes que fique tarde.
E isso não é pedir demais. Isso é pedir vida!

Nossa vida está toda errada. E ninguém percebe. Por que a vida de todos já estavam assim quando nascemos. Pessoal, deixa eu contar: não, não precisa ser assim! Não é assim em todos os países do mundo!! E não é assim com todas as profissões! E não, não temos q trabalhar tanto pra dar 60% pro governo nas nossas comprar mais básicas. Isso é ridículo e entristece muita gente.
Tanta gente entrando em depressão. Talvez por que nem tenham se dado conta do círculo vicioso e sem vida na qual estão metidos.

Eu não sei como, mas sei que a vida não tem que ser assim, tão sofrida. Sei que o Brasil ajuda muito nas nossas dificuldades. Sei que tem muita gente tão inteligente quanto a gente que ganha 3 vezes mais e paga 3 vezes menos imposto que a gente.

Acordei com vontade de tomar conta da minha vida. E só tem um jeito de fazer isso!
Vamos atrás. Que nossa vida é muito mais que isso! É muito mais que cartão de ponto! E é muito mais que uma carteira de trabalho assinada!

Vamos ser feliz, minha gente. E viver de verdade! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que namoramos?

Sobre um ano difícil, um ano pesado.

Sobre as pessoas que nos cercam...