CopaBacana

A copa do mundo é nossa.

Na verdade, não é, e esse ano, nem sei se o Brasil leva. Mas a copa é nossa sim. Nossas calçadas e postes se vestem para o evento; o chão ganha personagens e bandeiras; e os olhos todos se viram em direção ao grande tapete verde nos pés dos nossos jogadores. O piscar dos olhos não ocorre durante 45 minutos seguidos, as mãos se direcionam sozinhas para a pipoca e para o copo. Os pés dos jogadores dançam, voltam, vão, voltam e tocam. É pé, é peito e cabeça. A aproximação do gol ocorre na mesma velocidade da voz do Galvão, o que inicia uma tremenda taquicardia em cada um dos trilhões de brasileiros, que a cada lance e a cada rede que balança, a garganta arranha num enorme Gol! Gooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooool! Até as vuvuzelas ficam menos irritante quando vemos o placar mudar! Os risos, abraços, lágrimas, felicidade libertada. Ver o rosto de cada jogador gritando Gol é sensacional. Da realização, sensação de tarefa cumprida!

Mas a grande sensação da copa é juntar tudo numa coisa só! E a cada 4 anos temos a desculpa de se ver mais, e beber mais, e comer mais, e gritar e rir mais. Gastar dinheiro só pra pintar a rua, a cara, se sujar, e nem levar bronca por isso. De se vestir todo mundo igual!

E se isso significa hipocrisia eu não sei. Se isso significa ser um falso patriota eu também não sei. Mas se a cada 4 anos, o Brasil se junta pra brincar de ser feliz de verde e amarelo, por que não participar dessa festa?! O que me fará um patriota hipócrita só por me vestir hoje de verde e amarelo e amanhã não? Não se vestir de verde e amarelo e continuar a cumprir seu papel de cidadão, em minha opinião é ainda ser brasileiro!

Por outro lado, a febre exagerada acaba por parar o Brasil por alguns minutos. E isso pode, em alguns momentos não ser bom! E nisso eu concordo! Mas acredito que assistir o jogo no trabalho e só diminuir suas tarefas durante duas horas, sem deixar de atender ao público, não causaria grandes males, uma vez que provavelmente não haveria mesmo público!

Mas enfim! Por que não abraçar por um mês a bandeira e exibir a paixão nacional futebolística! Pelo menos uma vez a cada 4 anos, sentar em frente ao aparelho de TV e “observar” o Brasil e seus jogadores! E observar ainda mais seus concorrentes, hehehe!

Brasil, ao infinito e além! E na torcida...

Comentários

  1. " 'observar' o Brasil e seus jogadores! E observar ainda mais seus concorrentes, hehehe!"

    claaaaaaaaro!!

    os da inglaterra, da itália....

    =P

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo!
    Vestir a camisa de quatro em quatro anos! Amat o Brasil é bom! Apesar de tudo.

    Anderson Siqueira

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Por que namoramos?

Sobre um ano difícil, um ano pesado.

Sobre as pessoas que nos cercam...