O que deu início a tudo isso!



Quem sou eu... e Quem sou eeeu???????




Deparo-me com uma pergunta instigante e que eu duvido que exista pessoa no mundo que realmente saiba respondê-la. Mas há aqueles que querem tentar, mesmo arriscados ao fracasso, a diminuição do próprio eu. Eu sei que não é meu nome que está em questão, por q sei muito bem como me chamo, e sei bem que as minhas características, apesar de definirem como é meu humor, como trato e gostaria de ser tratada no mundo, também não definem meu eu. Tampouco meu RG e CPF me definiriam. Sei também que minhas características de cor de olhos, cabelos, altura e pele não me definem nem de longe. Quantas pessoas da mesma forma física já não passaram por vocês, quantos já não se confundiram pensando estar vendo a si mesmo em outro (É, essas coisas de foto, vídeo e tudo mais...). Também não posso dizer que sou um aglomerado celular, formantes de sistemas, providos de nutrientes e oxigênio através de rede de capilares e veias sanguíneas, por que dessa forma, todos seriam eu também. E eu, como você deveria saber, sou apenas eu. Apesar de já escassas minhas idéias de definição, sei que não prestaria nada falar o nome das escolas que estudei, o curso que me graduo, e tampouco apresentar meu currículo. Os astros também estão longe de me definir, pois posso para eles ser uma perfeita virginiana sistemática, mas são apenas mais características, dessas que vemos apenas do lado de fora das pessoas. Acredito, sim, que a definição mais próxima do meu eu, do que eu sou e que me atrevo a definir sem mesmo ter certeza de que me conheço, é definindo meus amigos. Não apenas aqueles que são presentes 24 hrs por dia...que são simplesmente... aqueles! Mas todos os amigos e conhecidos, todos que um dia cruzaram meu caminho. Mas onde, Danny, em santo juízo, você encontraria seu eu definindo seus amigos? Bem, ao certo também não saberei te responder, mas sei que as minhas idéias advém de todos aqueles que já cruzaram meus caminhos, todos os que um dia expuseram uma opinião, que um dia me trataram de alguma forma, boa ou má, e meus pensamentos quanto a tudo isso. Me espelho nos grandes, e tenho ânsia de pensar em ser como outros baixos. Sei também que cresci com muitos deles, e que nossas experiências foram bem parecidas (cada amigo em uma fase da vida, pois em todas crescemos –ou estacionamos-), e em cada fase da vida aprendi... Não sei ao certo o que aprendi, mas de longe não me refiro a matemática e nem ao funcionamento do trato gastrointestinal e a absorção de nutrientes. Me refiro ao aprendizado de dentro, aquele que te engrandece enquanto pessoa, que faz você pensar e agir, que faz você eliminar os pensamentos ruins, e deixam para você apenas os que você julga correto, apenas o que você julga certo fazer, falar e agir. Mas a verdade, grande formadores do meu EU, todos meus adicionados do Orkut... A verdade é que apesar de eu saber que sou formada graças a vocês, e sem os outros não seriamos ninguém... Não saberei dizer-te com total certeza como vocês me ajudam nisso tudo! Por que, a verdade, caríssimos... é que a identidade é uma máscara...e daquelas que repousa sobre o vazio...





Ass. Eu, Danny Novaes, seja lá quem eu for...=)

Comentários

  1. pretendo frequentar bastante aqui!

    e mesmo se alguns posts ficarem sem comentários, desanima não! xD

    ResponderExcluir
  2. Nossa minha Dannyzinha filosofando até...

    Essa é a minha garota... hehehe

    ResponderExcluir
  3. ah danny vc se mostrou pra mim mais unifespiana, paulista e que aprendeu a morar longe dos pais do que nunca! talvez seja uma simples identificacao de alguem que passa pelo mesmo, de amigas que tiveram longas conversas durante uma certa viagem, de companheiras de alguns trabalhos, ou simplesmente pessoas comuns que tb possuem um cotidiano em comum.

    como o Re disse, nao desanima com a falta de comentarios...
    bem vinda ao mundo dos blogs, danny! =)

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Olha só, se você um dia for famosa, lembra que eu estudei contigo!....rsrs

    Brincadeira, texto muito bom Danny!
    E me faz muito refletir também, sobre o "meu eu" também!

    Congratulations!
    Pinho

    ResponderExcluir
  5. Blog?

    Minha Psico preferida! [3]

    ResponderExcluir
  6. Danny!
    Que texto mais legaaal!
    Qdo vc escrever um livro quero um com uma dedicatoria desse tipo heeeimm!


    bjkzz

    ResponderExcluir
  7. Nooooossa adorei a danny filosofando... meu orgulhinhu e brigada pela parte que me toca viu rs

    =*

    ResponderExcluir
  8. Caraca rapá! Xorei...

    Tb andei procurando o EU... Falam que é como um espelho, dá pra acreditar!?

    Bjo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre um ano difícil, um ano pesado.

Por que namoramos?

Sobre as pessoas que nos cercam...