Em tudo que acredito... (ou Tudo o que eu quero)

Talvez os leitores tenham percebido uma figura a mais logo abaixo do nome do blog e acima dos posts. Talvez não. Mas enfim... Essa pequena figura foi uma coletânea que fiz em um dia ocioso que estive filosofando. Filosofando principalmente sobre o futuro, sobre tudo o que eu quero e tudo o que eu acredito. E é sobre isso que quero compartilhar aqui.


Tudo é uma palavra abrangente demais, mas tentarei (inutilmente) supri-la com meus ideais. Acredito, primeiro no amor, porque além de sentir necessidade em não perder a fé nele, se não é o amor que nos faz mais humanos, o que mais poderia ser (seriamos apenas um polegar opositor e um encéfalo altamente desenvolvido?). Acredito na nutrição e no bem que os alimentos podem nos proporcionar. Acredito que a saúde do corpo e da mente depende do que ingerimos. Mas acredito que antes disso, a saúde do corpo depende da saúde da mente e a saúde da mente depende da saúde do corpo. Acredito que para isso, não é necessário viver só de saladas, mas comer chocolate quando tiver vontade. Saber dosar essa quantidade ideal é que é inacreditavelmente difícil. Acredito no casamento. E acredito no poder das palavras.


Acredito também no poder da chuva, o quanto misteriosa pode ser, o quanto vida pode trazer ou destruir. Acredito que a chuva nos renova, limpa a alma, e que não há nada melhor que um banho de chuva numa tarde de verão. Acredito nas coisas simples da vida. Acredito me fazer feliz deitar na grama e observar o céu durante horas. Acredito na beleza das flores. E acredito (e quero) capturar a beleza através da lente de câmeras fotográficas. Acredito que fotos não roubam almas, mas pegam emprestados os sentimentos. Levam paz, alegria, felicidade, agonia, tristeza e nostalgia aos seus observadores futuros. Acredito que a vida, em geral, é uma grande balança. Ninguém é totalmente bom ou totalmente ruim. Ninguém precisa ser totalmente a favor ou totalmente contra e toda regra pode ter sua exceção.


Acredito no poder do abraço. Acredito na cultura e nas diferenças entre elas. Acredito que é difícil, mas extremamente benéfico conhecer novas culturas, por isso acredito (e quero) um dia poder ir ao exterior, e conhecer o mundo por outros olhos. Acredito nos sorrisos, principalmente dos mais carentes. E ainda nas gargalhadas. Acredito que chega uma hora na vida que todo mundo precisa de uma casa, e acredito que a minha será uma casa simples com jardim. Acredito em crianças.

E acredito, talvez inutilmente, nas pessoas. Mas acredito.



E você, no que acredita?

Acredita em mim?

Comentários

  1. eu acredito que foi você quem escreveu isso. =)

    e talvez quem sabe, logo menos, faço um post um pouco parecido no meu blog. =)

    achei que a ideia de início, não ia colar... mas, ficou bem legal. =)

    ResponderExcluir
  2. eu acredito em voce e essas foram as palavras mais sinceras que eu li, nos ultimos tempos.
    eu acredito no amor, no casamento, na chuva, no silêncio, na saudade....
    eu acredito em quase tudo...mas desconfio de uma outra boa parte.

    ahh faz tempo que eu leio o que vc escreve...
    acho que além de nutricionista você pode ser uma excelente escritora.

    ResponderExcluir
  3. Oiii, falei que passava por aqui, não falei?

    Olha só minha contribuição está no fato de acreditar que o mundo pode ser melhor no momento em que todos acreditarem em si mesmo. Na hora em que o ser humano perceber que o vazio que o toma é do tamanho exato do Deus grandioso que criou este universo.

    Acredito no acreditar do doente, do enfermo que mesmo em meio a tantas dores tem esperança.

    Acredito na vida... Um presente, uma dádiva, um sonho. Acredito em pessoas que acreditam que o simples fato de acreditar pode mudar nossa história!

    Adoro Ilha das flores, adoro o Ka dos egipcios!
    bjs e boa sorte! Talento vc já tem...

    Me mande as atualizações, viu?

    Anderson/amigo da camila.rs

    ResponderExcluir
  4. Eu acredito em Papai Noel! Num pode??

    ResponderExcluir
  5. O texto mais lindo que você já escreveu...

    O melhor!!!

    Eu acredito no amor!!! Quando a gente ama, pode ser até o seu gatinho, a chuva e o sol ficam mais bonitos, o verde é mais verde, o abraço é mais gostoso e o sorriso é mais largo...

    Coisinha mais fofa da mamãe... Te amo!!!

    ResponderExcluir
  6. Ah a Evellyne acredita tanto em Papai Noel que foi mais perto do Pólo Norte pra ver se acha os doendes dele hehehe...

    ResponderExcluir
  7. Oi Danny.
    Adorei seu texto.Vc escreve muito bem!

    Eu acredito em tudo isso que vc escreveu, e principalmente acredito em vc.
    Acredito na nossa amizade, nas nossas crianças, nos nossos sonhos (que muitos são parecidos), nas nossas conquistas e realizaçoes que estão por vim...

    Adoro vc Danny!
    Muito Obrigada por tudo! Vc faz muita diferença na minha vida.

    Beijaoo se cuida Tia Danny! =D

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre um ano difícil, um ano pesado.

Por que namoramos?

Sobre as pessoas que nos cercam...