Postagens

Mostrando postagens de 2015

O pior

Imagem
Da série: músicas mais tristes da vida


Sobre o meu Quero!

Imagem
Eu quero ter meu dinheiro, meu cantinho e meu tempo. tempo para não fazer nada, para namorar, para ir ver um filme, ir num museu que ainda não conheço e conhecer uma cidade que ainda não fui! 
Quero ter tempo para fazer aquele prato master chef, e ter tempo de sobra para degustá-lo também. Várias vezes. Quero ter tempo para dormir no sofá num sábado a tarde e para assistir todas as séries que eu to atrasada desde que conheci o netflix!
Quero sair para dançar numa sexta qualquer, e fazer parecer que o fim de semana é maior, por que comecei a aproveitá-lo desde cedo. E tomar uma breja no sábado acompanhado de boas risadas, e saber que ainda tem um domingo inteiro de bobeira.
E quero fotografar por que amo, e por que é um hobby e não uma obrigação. Por que gosto de perder (ganhar) meu tempo ali, e por que isso me faz bem, e não por que sou obrigada.
E quero voltar a escrever, mesmo que eu saiba que quase ninguém lê. Isso me faz bem, me satisfaz e me desestressa.
Quero.

Sobre a vontade de crescer

Imagem
Sobre músicas que te impulsionam e fazem você levantar o bumbum da cadeira e ir à luta.
Já pensou em todos os projetos que largou pela metade? Aquele que você fala que irá fazer, mas... Tem que fazer isso, e aquilo primeiro, e esquece! Pois é!
Trate de levantar da cadeira, colocar uma boa música, com uma batida daquelas, se isolar e ir à luta. Vai rapaz, é tudo seu! Tem um mundo para você conquistar aí fora, mas você precisa ir até ele!

Levanta, faz suas dívidas, e vai atrás do que é teu! Compra aquela câmera, e começa a fotografar sem certeza do certo! Se arrisca, vamos lá!
As maiores idéias do mundo começaram sem certeza do sucesso. Começaram com muitos votos do fracasso, antes de dar a volta por cima! Se você tem esse espírito empreendedor que habita minha pessoa, pega um lápis agora (eu disse agora, agora mesmo, aproveita a batida da música), e anota todas as suas idéias.

Fez isso? Agora organizar!! Escolha por onde deve começar, quanto tempo demorar, estipule metas, valores, faça seu …

Sobre viver e trabalhar e não viver para trabalhar...

Que triste é crescer e descobrir que a vida é tão dura.
Que acordamos cedo e voltamos pra casa depois de escurecer. Que não vemos a luz do dia. E que mesmo que cansados, somos obrigados a fazer o trabalho contratado para um local X. E que mesmo que tenhamos idéias incríveis e consigamos toneladas de dinheiro para nossa empresa, continuaremos recebendo a mesma faixa salarial, e continuaremos acordando cedo e voltando tarde.

Sabe o que eu descobri?
Que está tudo errado!! A gente tem que trabalhar sim. Precisamos conquistar nossa moeda de troca com o mundo. Mas dessa forma, nesse formato atual, não estamos trabalhando para viver. Estamos vivendo apenas para trabalhar!!

Quantas são as pessoas que trabalham apenas para pagar as dívidas básicas. Conseguem no máximo repor uma ou outra roupa que já estava velha demais.

Não podemos aceitar isso. Eu quero sair do trabalho e ainda ter algumas boas horas pra curtir o sol, e conseguir respirar devagar, e ver ele se pôr, e ter mais tempo em casa do que …

Sobre organização, finanças e sua relação com o dinheiro

Imagem
Ouça ao som de: 

Hoje o tema é diferente. Quero falar sobre finanças. Não, não sou especialista e nem se quer fiz um mero curso sobre o assunto. Mas aprendi de muitas maneiras como lidar com o dinheiro.
Primeiro por que tive uma educação muito conservadora a respeito de finanças. Meus pais guardavam tudo o que podiam, e a poupança e investimentos em terrenos, assim como a vontade diária de abrir seu próprio negócio era basicamente a lição sobre finanças. Cartão de crédito? JAMAIS!

Depois no trabalho. Primeiro emprego, ganhava pouco e vivia com pouco, mas esse pouco até que rendia. Me tornei gerente, aprendi sobre metas, sobre prazos e alguns tipos de investimentos. Aprendi que essa vida de metas dos outros não era pra mim. O suor, na minha opinião, não valia a pena ali, não havia reconhecimento. Mas antes de jogar tudo pro alto, veio a terceira lição. Resolvi embarcar num projeto de viagem. Seriam 10 mil reais em um ano, o que era muito dinheiro para alguém como eu!!

E com foco numa viage…

Sobre dançar.

Sobre o dançar, a união perfeita dos corpos, dos passos, das mãos, sentimentos e respiração. A dança coloca vida e sentimento em forma de passos das notas musicais. É impossível não se deliciar apenas assistindo uma cena dessas. É invejável não poder traçar as pernas, os passos e os saltos junto com eles, ali, naquela calma, sentimento a flor da pele.
É assim também na música, na fotografia, mas hoje, hoje não. Hoje quis falar só sobre a dança.
Dança é saúde, é saudável, é lindo e forte. Libera a tensão do corpo, acalma, respira.
É amor também. E raiva por que não? É tudo junto e misturado, mas de uma forma tão simples.
Quem consegue transmitir tanta coisa sem nenhum equipamento? De que outra forma você se traduz tão facilmente sem uma câmera, sem um violão, sem um lápis e papel? 
Dança é isso... é você se permitir se libertar! Permita-se hoje! Coloca o som e dança na sala. Sozinho.  Ou chama aquele seu amor... Permitam-se usufruir de todo o sentimento que é dançar! Permitam-se amar com os p…

Sobre a braveza, TPM e chorar!

Imagem
Costumo ser tranquila, feliz, sorridente, atender bem as pessoas a minha volta... mas... Existem alguns momentos que um lado obscuro e mais forte do que eu ataca!
Sabe, quando te falam uma coisa que imediatamente já te faz querer chorar de raiva? É mais forte, vem de dentro, de uma vontade irritada de gritar e você fica brava mesmo sem perceber. Aprende que é sim ofensiva quando quer, e perde todo seu charme angelical em segundos.
Rasga o verbo e transparece tudo o que sente sem dificuldades. Toma atitudes sem querer, e exagera um pouco a mais do que esperava. Ao mesmo tempo, sabe que está falando por que sabe que pode ser sincera com o ouvinte. Quer que não aconteça mais, e acredita que precisa falar.
Mas aí depois vem a vontade de só chorar... Parece que a raiva que cresceu dentro de você tá pedindo pra sair, ser levada e tem que ser com lágrimas... E aí você se sente assim, sozinho e não quer falar disso com ninguém.
:(
E é aí que ficam as reticências...

Sobre a Vontade, o Foco e o Mar!

Assista ao vídeo e som lindíssimos:
Phantom In Victoria from Eamon Urtone on Vimeo.
É engraçado ver como força de vontade é uma característica pessoal mesmo. Tem gente que tem, e tem gente que não tem. Mas o pior de tudo é que essa é uma característica desenvolvida ao longo da vida. A gente cria na nossa cabeça como quer a nossa vida, e vai atrás!
A gente cria nosso objetivo. E sabe pra onde tem q remar!
Mas, Tem pessoas que não. E eu sinceramente não as entendo. Pessoas que vivem das costas dos outros. Do trabalho dos outros. E não se preocupam em melhorar, crescer. Pessoas que infelizmente estão sujeitas a viver no abismo, no risco de cair a qualquer hora.
Eu não, eu prefiro o mar. Uma imensidão de possibilidades. Tem onda pequena que a gente passa fácil, tem onda grande, que quase afoga a gente, mas continuamos lá, remando rumo a ele. O mar renova nossa alma. A água salgada puxa a gente pra dentro do mar, e não deixa mais a gente voltar. É a nossa força de vontade!
Mas cansa, viu? Remar p…

Sobre uma nova fase (e agradecimentos por ela!)

Leia ao som dos belíssimos aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=8F7tjZefhJY

Desde muito jovem tento ser o mais independente possível. Vendi cookies no colegial, vendi trufas na faculdade, tinha bolsa de um valor que auxiliava muito, e quando sai, logo quis encontrar meu primeiro emprego. Foi uma fase difícil, mas muito necessária. Todos que me conhecem pessoalmente sabem o quanto sofri no meu primeiro emprego. Mas sabem também o quanto agradeço. Cresci de uma maneira incrível (e não é papinho). De recém formada, e garota de 20 anos que não sabe de nada e quer mandar, tive que aprender a falar a linguagem dos profissionais da cozinha. Vivi uma política totalmente diferente do que é ser uma empresa, e quais valores devemos levar conosco. Tive pessoas do meu lado que fizeram eu enxergar o que eu queria ser, e principalmente o que eu não queria ser


 Lá atrás tinha planos, mas a vida joga a gente de um lado, de outro e muda tudo. Agora estou em outra empresa, realizada! Tive uns meses de d…